TwitterFacebookYoutubeInstagram

PARLAMENTOIniciou nesta última segunda-feira, 1, a 21ª edição do programa Parlamento Jovem Catarinense, da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) reunindo 40 estudantes do Ensino Médio de oito escolas.

A região sul do Estado é representada pelos alunos Lucas Gabriel Santos Rodrigues, Vivianne Maciel Nascimento, Amanda Costa Mota, Gabriel Cruz Estevão e Maria Alice Alfredo Flausino, da EEB Ana Gondin de Laguna, acompanhados dos professores Alex Evangelista e Lilian Suzett Magalhães.

Desde abril, os alunos eleitos parlamentares preparam-se com na unidade escolar, com apoio do consultor da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, Armando Agostini e os demais participaram de diversas palestras sobre cidadania, política e ética, relatou a diretora Lilian dos Reis.

O programa realizado pelo Núcleo de Educação para a Cidadania da Escola do Legislativo oferece aos adolescentes a oportunidade de vivenciarem as principais atividades desenvolvidas no Legislativo estadual. Como a eleição do presidente da Mesa e a formação da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), além da formação das demais comissões permanentes, com o debate de proposições e seguem até quinta-feira (4), com a realização de sessão plenária aos moldes do Regimento Interno da Casa.

Segundo o professor de História e um dos coordenadores parlamentares jovens na região sul, Alex Evangelista, “os estudantes formularam um projeto de lei que institui 25 de maio como o Dia Estadual de Preservação do Boto Pescador. E ainda acrescentamos a indicação para realização de seminários que visem a maior integração entre os ensinos médio e superior, a partir de metodologias acadêmicas usadas no ensino médio que preparem os estudantes para o ingresso em universidades, além de outras reivindicações”, conclui o professor.

Sobre o Programa

O Programa Parlamento Jovem foi criado em 2005 e, desde seu início, já contou com a participação de aproximadamente 800 participantes em dez anos.

O programa tem como objetivo possibilitar aos estudantes de escolas públicas e privadas de todo o estado a vivência do processo democrático mediante participação em jornada parlamentar, com diplomação e exercício do mandato de deputado. O programa prevê momentos de reflexão, debates e ampliação de conhecimentos sobre política, democracia e sobre o funcionamento do Poder Legislativo.