TwitterFacebookYoutubeInstagram

DSC 0018A Secretaria de Estado da Educação (SED) recebeu nesta quarta-feira, 24, representantes de 25 cooperativas familiares e de quatro Gerências Regionais de Educação (Gered) para tratar da alimentação escolar proveniente da agricultura familiar em 2017.

Além do alinhamento em relação às datas e especificações para as chamadas públicas que serão realizadas, o encontro serviu como um bate-papo entre a equipe técnica da SED e os representantes das cooperativas familiares. De acordo com o gerente de Articulação com os Municípios, Osmar Matiola, “é importante ter este contato periódico com os fornecedores para que se possam debater as necessidades das Gereds e das cooperativas além de propor novas experiências para melhorar ainda mais a alimentação nas escolas”, destacou.

Cooperativas Familiares 0.Nocetti 7Juntamente com o debate, foi apresentada aos representantes de cada cooperativa a lista com os produtos que serão cotados para as escolas que trabalham com o sistema de alimentação terceirizado e de autogestão. Segundo Marizone Coelho Sagaz, uma das responsáveis pela agricultura familiar na SED, “em conjunto com produtos já tradicionais como feijão, carne e arroz, nesta nova chamada pública será realizado um teste para a distribuição de maçã, pinhão e filé de tilápia para algumas escolas que, se bem sucedido poderá ser ampliado de forma gradativa para toda a rede”, comentou.