TwitterFacebookYoutubeInstagram

banner abc sealf100O curso on-line Alfabetização Baseada na Ciência (ABC) abriu 100 mil novas vagas para estudantes de licenciatura e profissionais da educação que atuam na alfabetização de crianças. A capacitação é oferecida pelo Ministério da Educação (MEC), por meio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e da Secretaria de Alfabetização (Sealf).

Além das novas oportunidades, o curso passará de 160h para 180h. Para Benedito Aguiar, presidente da CAPES, com esse acréscimo, “teremos a possibilidade de ampliar o conteúdo, contribuindo, de forma mais significativa para a melhoria do processo de ensino e aprendizagem da fase inicial da educação”.

Os 80 mil inscritos na primeira oferta começaram as aulas na segunda-feira, 11, no Ambiente Virtual do MEC (Avamec), onde também são feitas as inscrições. Vídeos, tarefas de estudo e materiais de leitura, elaborados de acordo com os princípios da gamificação e dos recursos abertos, compõem o material das classes.

Para se inscrever, basta clicar aqui, para ser direcionado ao portal do MEC.

Carlos Nadalim, secretário de Alfabetização do MEC e coordenador-geral do curso, lembra que “o objetivo dos conteúdos é preparar os professores para garantir que as crianças trilhem um percurso de sucesso na aprendizagem da leitura, por isso a capacitação envolve teoria e prática”.

O curso faz parte do programa Tempo de Aprender, uma iniciativa pensada para enfrentar as principais causas das deficiências da alfabetização no País. A capacitação é fruto da cooperação internacional entre a CAPES, a Sealf, a Universidade do Porto, o Instituto Politécnico do Porto (IPP) e a Universidade Aberta de Portugal (UAB).