TwitterFacebookYoutubeInstagram

censo escolarComeçou nesta segunda-feira, 22, e segue até abril de 2021 a segunda etapa do Censo Escolar da Educação Básica, que vai coletar informações sobre a situação dos alunos. As informações serão declaradas pelas escolas da Rede Estadual no Sistema Educacenso, por meio da Migração de Dados.

O objetivo é coletar as informações de rendimento (aprovado/reprovado) e movimento (transferido/deixou de frequentar/falecido), de todos os alunos da rede pública e privada, que foram declarados em turma de escolarização na primeira etapa de coleta. Os dados dessa etapa são importantes para o cálculo das taxas de rendimento, movimento, abandono e do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Além disso, essas informações são fundamentais para subsidiar a formulação de políticas públicas educacionais.

A coleta é coordenada nacionalmente pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e, em Santa Catarina, a coordenação do processo censitário é responsabilidade da Gerência de Avaliação de Desempenho e Estatísticas (GAEBE), vinculada à Diretoria Planejamento e Políticas Educacionais (DIPE) da Secretaria de Estado da Educação (SED).

Resposta educacional à pandemia de COVID-19 no Brasil em 2020

Uma novidade desta edição é a incorporação, no Sistema Educacenso, de um questionário eletrônico a ser preenchido pelos Gestores das escolas públicas e privadas. O objetivo é coletar dados a respeito da suspensão das aulas presenciais no ano letivo de 2020 para que se tenha, posteriormente, informações oficiais desse ano letivo atípico. 

Cronograma - Situação Aluno 2020

Coleta: de 22/02 a 07/04/2021

Retificação: de 22/04 a 07/05/2021