TwitterFacebookYoutubeInstagram

50220127907 cce0e477d9 kA Secretaria de Estado da Educação (SED) iniciou nesta segunda-feira, 7, o processo de escolha das 251 vagas para atuação nos cargos de Assistente de Educação e Especialista em Assuntos Educacionais (Administrador Escolar, Orientador Educacional e Supervisor Escolar) nas escolas da rede estadual de ensino. A chamada se refere ao concurso público de ingresso ao magistério realizado em 2017, conforme edital nº 2271/2017/SED. Para ser chamado, o candidato deve preencher o formulário disponível neste link.

Ao preencher o Formulário de Escolha de vagas, o candidato deverá selecionar a Coordenadoria Regional de Educação para qual prestou o concurso da SED em 2017, indicar as opções de vagas por ordem de preferência e anexar um documento de identificação com foto. As respostas podem ser encaminhadas até às 23h59 desta terça-feira, 8.

O Quadro de Vagas e o Edital com mais informações sobre o processo também estão disponíveis no site. Diversas dúvidas de candidatos foram respondidas no programa Educação em Dia da última quarta-feira, que recebeu o secretário adjunto, Vitor Balthazar, e o diretor de Gestão de Pessoas, Marcos Vieira, para falar sobre a escolha de vagas desta chamada. O programa está disponível neste link.

Depois de confirmarem a escolha da vaga, os profissionais serão nomeados e tomarão posse dos cargos após assinatura de um termo. Para isso, serão necessários os seguintes documentos:

a) Comprovante de habilitação (Carteira do MEC ou Diploma de Curso Superior de Licenciatura Plena e respectivo Histórico Escolar), em conformidade com o cargo de escolha;
b) Declaração de compatibilidade legal para o exercício do cargo a ser provido, quando da ocupação de outro cargo público, conforme incisos XVI, XVII e §10, do art. 37 da Constituição Federal;
c) Comprovante de quitação com o serviço militar (para o sexo masculino);
d) Comprovante de quitação com a Justiça Eleitoral atualizado;
e) Declaração de bens;
f) Laudo médico de aptidão física e mental, expedido pela Junta Médica Oficial do Estado
de Santa Catarina ou órgão credenciado;
g) Registro de Identidade;
h) Cadastro de Pessoa Física (CPF);
i) Certidão de Casamento e de Nascimento dos filhos;
j) Declaração de não ter sofrido, nos últimos 5 (cinco) anos, no exercício de função pública,
as penalidades disciplinares previstas nas Leis Estaduais nº 6.745/85, 6.843/86 e 6.844/86;
k) Impressão da qualificação cadastral no Sistema de Escrituração Digital das Obrigações
Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (eSocial), que pode ser consultada aqui.

A chamada de 32 Assistentes de Educação e 219 Especialistas em Assuntos Educacionais foi anunciada no último dia 21 de maio pelo governador Carlos Moisés e o secretário de Estado da Educação, Luiz Fernando Vampiro. A SED estuda a possibilidade de fazer uma nova chamada de profissionais no segundo semestre de 2021, enquanto segue monitorando o quadro administrativo das escolas de Santa Catarina.