TwitterFacebookYoutubeInstagram

EnsinoEmSC SITEUma atividade interdisciplinar envolveu os estudantes na criação dos chamados Super-Heróis da Natureza. Envolvendo sustentabilidade, leitura, escrita, narração de aventura e língua inglesa, a iniciativa foi aplicada em duas turmas do 6º ano da Escola de Educação Básica Praia da Gaivota, localizada no município de Balneário Gaivota.

Uma das produções foi do aluno Richard Rissi Soares, que criou o Lazy Boy, um super-herói que foge dos perfis tradicionais. Ele coleta lixo eletrônico descartado em lugares indevidos e o transforma em equipamentos que o auxiliam na luta contra o mal.

O projeto Super-Heróis da Natureza iniciou nas aulas de Língua Portuguesa quando a professora Carolina Carradore lançou a proposta da criação de um super-herói que tivesse um envolvimento positivo com o ambiente em que o cerca. “Após estudarmos substantivos e adjetivos, montamos uma ficha para darmos início à criação do super-herói. Antes de começarmos a narrativa de aventura, era preciso ter nome, alcunha, poderes, fraquezas, vilão, parceiro, origem, tal qual os super-heróis tradicionais”, explica a professora.

Super Heróis da NaturezaEm paralelo às aulas de Língua Portuguesa, a professora Josiane Porto trabalhou a mesma ficha em inglês, seguindo o plano de aula. “Ao explorarmos o termo Cosplay*, trabalhamos a descrição de alguns personagens já conhecidos do mundo dos super-heróis. Reforçamos o uso adequado dos adjetivos, conhecemos vocabulários atribuídos ao vestuário, das descrições em que cada aluno fez para o seu próprio personagem”, enfatiza a professora. Nas aulas de Ciências, com os professores Raul Emílio Loretz e Vanessa Colares Borges, os pequenos aprenderam sobre a importância da sustentabilidade, separação do lixo e ainda tiveram como tarefa a confecção de uma composteira em casa.

Dentro do projeto, os alunos também tiveram a visita de profissionais que reforçaram a importância de se reciclar o lixo orgânico. No fim de maio, a bióloga Jucimara Generoso Magenesi, orientadora de laboratório da Escola de Ensino Médio Macário Borba, promoveu uma palestra para a turma do 6º ano. Ela explicou sobre a importância da compostagem, que ajuda na redução das sobras de alimentos, tornando uma solução fácil para reciclar os resíduos gerados em casa.

Jucimara levou os equipamentos para mostrar na prática o processo de uma composteira e deixou os alunos curiosos com a presença das minhocas californianas. Elas se alimentam de matéria orgânica que formam o húmus, um material rico em nutriente. A bióloga ensinou os estudantes a fazerem sua própria composteira caseira. “Ela é uma técnica que transforma o lixo orgânico em adubo fertilizante para as plantas e tendo uma em casa, reciclamos o lixo orgânico e ainda temos o adubo líquido para horta e plantas”, reforçou. Ao fim do bate-papo, a bióloga presentou cada aluno com uma garrafa de biofertilizante.

Os alunos apresentaram também seus super-heróis no Dia do Cosplay, trajando as roupas que confeccionaram com materiais recicláveis. Além disso, cada “aluno super-herói” tem uma função socioambiental tanto na escola quanto em casa, como apagar as luzes das salas de aula ao saírem, conscientizar os alunos a não desperdiçar a alimentação escolar e reciclar o lixo. “Esse projeto é de extrema importância para que possamos trabalhar a interdisciplinaridade, além da consciência ambiental. Vamos levá-lo adiante até o fim do ano”, reforça a gestora da escola Ana Davina Lummertz.

*Cosplay: atividade que consiste em se fantasiar, com acessórios, representando um determinado personagem.

 

A série #EnsinoEmSC tem como objetivo apresentar iniciativas de professores e gestores nas escolas da rede estadual de Santa Catarina. As ações serão apresentadas nas mídias sociais pela página @educacaosc e semanalmente no site da Secretaria de Estado da Educação. Estimule as iniciativas na sua escola e participe publicando as ações nas mídias sociais com a hashtag #EnsinoEmSC!