TwitterFacebookYoutubeInstagram

Posse novos especialistas 1

A Secretaria de Estado da Educação (SED) realizou nesta segunda-feira, 19, uma cerimônia simbólica de posse dos 186 novos servidores efetivos para o Magistério catarinense. Eles atuarão nos cargos de Assistente de Educação e Especialista em Assuntos Educacionais (Administrador Escolar, Orientador Educacional e Supervisor Escolar) nas escolas da rede estadual de ensino.

São 32 assistentes de educação e 154 especialistas em assuntos educacionais, sendo cinco administradores escolares, 91 orientadores educacionais e 58 supervisores. Outros profissionais de todo o Estado tomam posse ao longo desta semana nas Coordenadorias Regionais de Educação. A chamada se refere ao concurso público de ingresso ao magistério realizado em 2017, conforme o edital nº 2271/2017/SED.

Posse dos especialistas ItuporangaA coordenadora regional da Grande Florianópolis, Grasiela Monteiro Epping, destaca que a chegada desses servidores era muito esperada: “Vai qualificar ainda mais o trabalho administrativo e pedagógico de nossas escolas”. Apenas nessa região serão 38 novos servidores que começam a atuar nas escolas.

O secretário de Estado da Educação, Luiz Fernando Vampiro, salientou que os novos servidores vão preencher uma necessidade das unidades escolares no âmbito administrativo: “Esses novos servidores chegam com o compromisso de trabalhar pela educação catarinense. Tenho certeza que entram com determinação e vontade de contribuir com a efetivação das políticas públicas educacionais”.

Novo servidor veio do Espírito Santo

Posse novos especialistas 3Adakciel Tiago Martins é um dos novos especialistas que tomou posse nesta tarde. Por meio de uma vídeo-chamada ele compartilhou o momento de felicidade com a mãe e a irmã, que vivem no Espírito Santo. Em 2018 ele concluiu o mestrado em Educação pela UFSC, mas retornou ao Espírito Santo, onde, até então, atuava como professor em uma faculdade particular.

Agora ele vai trabalhar como supervisor escolar na EEB Gama Rosa, em São Pedro de Alcântara. “Fiquei super feliz por esse momento de efetivação, pois o concurso foi feito há quase quatro anos. Já fui muito bem acolhido pela equipe da escola e pela coordenadoria regional”, finaliza.