TwitterFacebookYoutubeInstagram

Leonardo Segheto Aluno premiadoUm estudante do 1º ano do Ensino Médio da EEB Profª Lourdes Angela Sarturi Lago, de Chapecó, foi premiado nesta semana com a medalha de ouro no Concurso Canguru de Matemática. A prova inclui estudantes de todo o país e foi realizada na modalidade on-line no fim de março, com 30 questões de múltipla escolha.

Leonardo Segheto tem 16 anos e acumula outras premiações ao longo da trajetória escolar. Ele já ganhou medalha de ouro na Olimpíada Brasileira de Astronomia, medalha de prata na Olimpíada Tubarão de Matemática e medalha de bronze na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP).

Pelo terceiro ano consecutivo, Leonardo é bolsista do Programa de Iniciação Científica Júnior, do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). O programa propicia aos alunos premiados pela OBMEP manter o contato com questões no ramo da Matemática, ampliando o conhecimento científico e preparando-os para um futuro desempenho profissional e acadêmico.

Nesse programa, o estudante participa de encontros presenciais (encontros remotos durante o período da pandemia), aos sábados, com atividades ministradas por professores. “Desde que participei pela primeira vez da OBMEP, eu já gostava da Matemática da escola, mas foi fazendo essa prova que eu descobri que eu realmente gostava disso”, relata.

O aluno afirma ainda estar indeciso sobre a carreira profissional que vai seguir depois que se formar. Entrando, considera uma carreira com o curso de Medicina.

A gestora da escola, Susieli Casonato, salienta que Leonardo estuda na escola desde o 1º ano do Ensino Fundamental e que sempre foi um aluno de destaque: “Ao longo da trajetória na nossa escola ele ainda jogou xadrez e tocou flauta. Tem várias habilidades e se sai muito bem em todas as disciplinas. Além disso, é um menino cooperativo e solidário, sempre pronto a ajudar a todos”, finaliza.

A competição
O Concurso Canguru de Matemática é uma competição anual internacional destinada aos alunos do 3º ano do Ensino Fundamental até a 3ª série do Ensino Médio.

A competição teve origem na França e é administrada globalmente pela Associação Canguru sem Fronteiras (Association Kangourou sans Frontières - AKSF). É a maior competição de Matemática do mundo, com mais de seis milhões de participantes por ano nos mais de 80 países.