TwitterFacebookYoutubeInstagram

4 A ecologia atrela a sobrevivência dos catadores

Duas escolas da rede estadual são exemplos do uso da fotografia como ferramenta de ensino e aprendizagem. Conheça as ações realizadas pela EEB Prof Celso Rilla, em Irati, e pela EEB Julia Miranda de Souza, em Navegantes.

Na EEB Prof Celso Rilla, duas professoras e a equipe gestora aproveitaram a 7ª Olimpíada de Língua Portuguesa para promover um concurso de fotografia na escola, com o mesmo tema: “O lugar onde vivo”. De acordo com a gestora, Josiani dos Santos Theodoro, o objetivo primordial foi desenvolver um olhar sensível a respeito do lugar onde os estudantes vivem, incentivando a criatividade e a valorização da memória local.

EEB Celso Rilla 1O concurso incentivou que alunos divulgassem imagens que resgatam memórias e paisagens do município de Irati, no Oeste de Santa Catarina, em suas páginas no Facebook. Além de conceituar e situar a imagem, era necessário mobilizar amigos, familiares e comunidade local para curtir a foto postada, sendo considerada vencedora a foto com mais curtidas. Foi selecionado um aluno por série, desde os Anos Finais do Ensino Fundamental até o Ensino Médio. Os alunos tiveram 30 dias para se inscrever e motivar curtidas na sua publicação.

A avaliação foi feita por uma comissão de professores que levaram em consideração o texto da legenda, marcação do Facebook da escola e o número de curtidas recebidas na publicação original. Os sete alunos vencedores foram premiados com livros de literatura.

Concurso de fotos sobre Educação Ambiental
1 Planeta sem arCinco estudantes da EEB Julia Miranda de Souza, em Navegantes, foram os primeiros colocados na categoria Ensino Médio de um Concurso Fotográfico sobre Educação Ambiental. Eles foram premiados durante uma transmissão ao vivo no IV Encontro da Rede de Educação Ambiental das Bacias Hidrográficas dos Rios Itajaí e Camboriú. O vídeo com as fotos premiadas pode ser acessado aqui.

O evento premiou as melhores fotografias de cada categoria sobre o tema: “Percepções e ações sustentáveis em tempos de pandemia”. Entre as fotos ganhadoras está uma que mostra o lixo gerado pelas máscaras descartáveis e outra que revela a importância do trabalho dos catadores de material reciclável.

A comissão julgadora foi composta por dois profissionais ligados à fotografia e educação ambiental. Os três primeiros lugares receberam um conjunto de itens contendo livros de fotografias, além de livros e kits sobre educação ambiental.