TwitterFacebookYoutubeInstagram

premio inovacao 1100x619A tecnologia pode ser uma grande aliada da educação, foi o que provou um grupo de estudantes da Escola de Educação Básica (EEB) Caetano Bez Batti, de Urussanga, no Sul do estado. Os alunos desenvolveram um protótipo de aplicativo com objetivo de ensinar assuntos que vão além dos conteúdos vistos em sala de aula e obtiveram destaque em programa de inovação.

O APP chamado “Escola para a Vida” conquistou o segundo lugar na primeira edição do Programa Inova Jovem 2020, realizado pela Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc). Os estudantes receberam R$ 10 mil convertidos em eletrônicos como prêmio e a unidade recebeu um troféu de escola destaque.

A proposta do programa teve como objetivo desafiar estudantes do Ensino Médio de escolas públicas e privadas de Criciúma e região a encontrar soluções criativas e sustentáveis para transformar a sociedade. Por conta da pandemia da Covid-19, os alunos participaram das atividades e capacitações de forma on-line.

O protótipo desenvolvido pelos estudantes Lívia Pillon Teixeira, Eduarda Comin, Lucca Crema Bressan, Isis Morais e Cecilia Garrido Silvestrini, tem como propósito reunir em uma plataforma digital aulas sobre culinária, planejamento financeiro, jardinagem e inteligência emocional, entre outros assuntos que vão além dos conteúdos ensinados em sala de aula.

A ideia é criar um espaço virtual em que professores possam compartilhar conteúdos inovadores com os alunos. Na plataforma, os usuários têm acesso às aulas gravadas ou ao vivo. Agora, o grupo de estudantes, busca por orientadores para avançar para a próxima etapa do projeto.

Lívia Pillon Teixeira, 17, líder do grupo NewGen Leaders, afirma que foi satisfatório ter o trabalho reconhecido. “Foi muito emocionante e gratificante estar naquela posição, subimos ao palco para pegar a premiação, tiramos fotos e uma das integrantes da equipe fez um lindo discurso sobre nossa experiência no Inova Jovem”, comenta.

Para Márcio Lucas da Cruz, diretor da escola, o prêmio foi reconhecimento pelo trabalho realizado com as turmas dos últimos anos da unidade de ensino. “Significa a consolidação do trabalho desenvolvido e abertura de novas perspectivas para o Novo Ensino Médio”, comenta o gestor.

 

Gostou desse conteúdo? Então confira outras matérias sobre ações de destaque nas salas de aula de Santa Catarina no portal EducaSC. O site traz as principais informações sobre a educação catarinense e faz parte do programa da SED que disponibiliza a transmissão de aulas na TV aberta no estado. Acompanhe tudo pelo www.educasc.com.br.