TwitterFacebookYoutubeInstagram

wdxxx IO sonho da estudante Maria Kawany Leal, 17, do primeiro ano do Ensino Médio da Escola de Educação Básica (EEB) Monsenhor Vendelino Hobold, de Itajaí, no litoral Norte do estado, é seguir carreira profissional na patinação artística, esporte que pratica há dois anos e nove meses.

No dia 16 de outubro, a adolescente deu mais um passo nessa jornada: venceu em primeiro lugar, o Campeonato Estadual de Patinação Artística, que ocorreu em Indaial, no Vale do Itajaí, nos dias 15, 16 e 17 de outubro.

Maria Kawany descobriu a patinação através de uma série da Disney chamada “Sou Luna”. No programa de TV, a protagonista Luna, interpretada pela atriz mexicana, Karol Sevilla, aparece em uma cena patinando com os amigos. No entanto, a paixão pelo esporte sobre rodas começou mesmo no aniversário de 14 anos, quando a adolescente ganhou um par de patins de presente do pai, Ricardo Leal da Silva, que também é patinador e compete na modalidade street.

Moradora do bairro Itaipava, em Itajaí, Maria Kawany descobriu o talento para a patinação artística no projeto Escola Aberta, da EEB Judith Duarte de Oliveira, uma iniciativa da Secretaria de Educação do Estado que promove atividades envolvendo esportes, saúde, lazer e cultura nas escolas da rede estadual aos sábados.

No projeto Escola Aberta, as professoras da Associação Atitude Patinação Artística (AAPA), de Itajaí, notaram a aptidão da jovem e convidaram Maria Kawany para fazer parte da equipe de rendimento da associação.

wdxxx IIO Campeonato Estadual de Patinação Artística, realizado pela Federação Catarinense de Patinação Artística (FCPA), não foi a única competição que Maria Kawany participou, porém foi a primeira que rendeu uma medalha em primeiro lugar na categoria solo dance e figuras obrigatórias.

Para a patinadora, o resultado foi inesperado. “Nas outras competições eu também cheguei ao pódio, mas em primeiro lugar eu tinha conseguido em grupo, em solo foi a primeira vez. Foi uma surpresa, uma sensação inexplicável, fiquei até sem reação na hora”, conta Maria Kawany.

Ricardo Leal da Silva, pai da jovem e maior incentivador, se diz orgulhoso das conquistas da filha. “Ela quer seguir carreira profissional e vendo ela ganhar em primeiro lugar me faz acreditar que ela está no caminho certo e que vale a pena investir no sonho dela” afirma. Louco por esportes radicais, Ricardo incentiva a filha dizendo que ela já é uma vencedora.

 

Gostou desse conteúdo? Então confira outras matérias sobre ações de destaque nas salas de aula de Santa Catarina no portal EducaSC. O site traz as principais informações sobre a educação catarinense e faz parte do programa da SED que disponibiliza a transmissão de aulas na TV aberta no estado. Acompanhe tudo pelo www.educasc.com.br.