TwitterFacebookYoutubeInstagram

49380513421 bc6d59c4f8 cA Secretaria de Estado da Educação (SED) promoveu um aumento de 50% no valor mensal das bolsas de mestrado e doutorado oferecidas pelo Governo do Estado através do Programa de Bolsas Universitárias de Santa Catarina (Uniedu). O reajuste foi publicado nesta semana e passa a valer já a partir deste mês de janeiro.

O aumento é válido para bolsas de mestrado e doutorado concedidas nas chamadas públicas 650/SED/2017, 1423/SED/2019 e 471/SED/2021. Com a novidade, serão beneficiados 873 estudantes de pós-graduação do Uniedu, dos quais 487 cursam mestrado e 386 fazem cursos de doutorado.

“Além do compromisso de tornar Santa Catarina referência em todos os níveis de educação, temos também que trabalhar para garantir acesso a este ensino de qualidade que é oferecido por aqui. O Uniedu é um grande programa, que já teve investimento recorde em 2021, e este reajuste dá ainda mais condições para que os catarinenses possam buscar sua qualificação”, afirma o secretário Luiz Fernando Vampiro.

Também nesta semana, a SED divulgou a lista com 82 profissionais da rede estadual de ensino que terão afastamento remunerado para cursarem mestrado e doutorado a partir de 2022. Ao todo, foram selecionados 60 professores, 12 assistentes técnico pedagógicos, quatro assistentes de educação, três especialistas em assuntos educacionais e três consultores educacionais, e a lista completa divulgada na última terça-feira, 11, pode ser acessada neste link.

Investimento recorde do Uniedu em 2021

Para o último, o Governo de Santa Catarina garantiu R$ 467,2 milhões em recursos para concessão de bolsas de graduação e pós-graduação do Uniedu. O investimento, 76% maior em relação ao de 2020, é o recorde desde a criação do programa. Ao longo dos dois semestres de 2021 foram concedidas 52.961 bolsas de graduação e 911 de pós-graduação. Desde 2019, o investimento em bolsas universitárias feito pelo Estado soma 918,3 milhões.